fbpx
O Sem Choro é um Guia Infantil voltado para os pais. A Criança é o tesouro. Nós somos o mapa.

Importância da educação bilíngue para a criança

Desenvolvimento e Educação

Mas afinal, o que é educação bilíngue e qual a sua importância para as crianças?

A cada dia mais vemos novas “escolas bilíngues” surgindo em diversos bairros da nossa cidade, mas quando vamos visitar e conhecer melhor, cada uma tem uma proposta diferente. Então fica a pergunta: o que é educação bilíngue? Seria aulas de idiomas todos os dias? Seria aulas de idiomas alguns dias da semana? Seria alguém falando um segundo idioma o dia todo?

Vamos começar então entendendo o conceito de Educação Bilíngue, baseado nos estudiosos desse tema. Consiste em educação bilíngue, a passagem de conteúdos em um segundo idioma, ou seja, o foco é um conteúdo específico (exemplo: artes) e não o idioma em si. A criança aprende o idioma através da exposição ao mesmo durante suas atividades diárias.

No Brasil não há uma regulamentação sobre Educação Bilíngue, e por isso existem muitas instituições do ensino que se dizem “bilíngue” mas na realidade apenas oferecem aulas de um segundo idioma. Então não se deixe enganar, aulas de inglês, espanhol, ou qualquer outro idioma, durante algum tempo do dia, mesmo que todos os dias, não é educação bilíngue. Claro que aulas de idiomas também trazem muitos benefícios na aquisição de outra língua, mas a metodologia é bem diferente.

Mas como funciona na prática uma instituição bilíngue, se minha criança nunca teve contato anteriormente?

Uma preocupação de muitas famílias em colocar sua criança em um ambiente bilíngue é o receio que a criança fique “boiando” e não entenda o que está acontecendo nas atividades e brincadeiras. Esse é um dos mitos acerca da educação bilíngue, pois toda a fala dos educadores é apoiada em recursos visuais, linguagem corporal e modelagem. Por exemplo, quando descobrimos que estamos esperando um bebê, é muito comum que comecemos a conversar com a barriga, e assim que o bebê nasce, todos em sua volta conversam com ele, sem se preocupar em quanto aquele bebê entende o que lhe é falado.

Na educação bilíngue acontece o mesmo processo. Os educadores vão conduzir as atividades e brincadeiras no idioma em foco, e através de todo o contexto, ela será capaz de entender o que está sendo passado e futuramente reproduzir aqueles novos sons e formas.

As crianças pequenas têm vantagens no aprendizado de um novo idioma sobre os adultos, pois todo som para criança é interessante e curioso. Elas não se preocupam com a pronúncia ou com o que o colega vai achar de sua produção, e por esse motivo as crianças estão mais abertas aos novos aprendizados.

É fundamental que o ensino de um segundo idioma seja passado da forma mais lúdica possível. As crianças de hoje já são expostas a muito estímulos, e estudos mostram vários aspectos negativos dessa superexposição, como a depressão. Então independente do tipo de instituição bilíngue que você escolha para o seu filho, escolha sempre uma que valorize o brincar e que aborde o idioma de uma forma leve a natural.

 

__________

gabriela tadano- joy bilingue

Gabriela Tadano é psicóloga de formação na (UFPR) e educadora por vocação. Mãe dos gêmeos Laura e Guilherme e do caçula Eduardo. Coordenadora bilíngue da Joy – Infância Bilíngue.

Contato: gabriela@joybilingue.com.br • +55 (31) 98492-5827
Instagram Joy Bilíngue | Facebook Joy Bilíngue

 

 

 

Cadastre-se abaixo e receba as novidades do Sem Choro.


Comentários