fbpx
O Sem Choro é um Guia Infantil voltado para os pais. A Criança é o tesouro. Nós somos o mapa.

A Importância da Contação de Histórias para o Desenvolvimento da Criança

Desenvolvimento e Educação

A contação de histórias ajuda as crianças a entrarem em contato com diversos modos de ver e sentir o mundo.

O ato de contar histórias está presente em nossa sociedade, em diferentes culturas e classes sociais. É uma tradição que vem sendo passada através das gerações, com o objetivo de atender à imaginação e aos anseios humanos.

Seja em casa ou na escola, a contação de histórias vai muito além de um lúdico e de lazer. A atividade também pode contribuir para o desenvolvimento das crianças, para que elas entrem em contato com diversos modos de ver e sentir o mundo.

A contadora de histórias Sandra Lane, especialista em Arte-Educação, escritora e membro da Rede Internacional de Cuentacuentos – RIC e presidente da ONG Escultórias, ressalta a importância da contação de histórias para o desenvolvimento das crianças.

“Atualmente, muitos escritores e pesquisadores são unânimes em afirmar os benefícios emocionais que fazem parte da vida das crianças que ouvem histórias em seus lares. No desenvolvimento do cognitivo, estas crianças apresentam um vocabulário ampliado e demonstram um gosto em recontar as histórias ouvidas. E se arriscam com grande facilidade na criação de outras histórias, seja na forma falada, desenhada ou por meio da escrita. São crianças que se sobressaem na oralidade, criatividade, maturação emocional, leitura e escrita”.

Sandra Lane destaca ainda os benefícios que a atividade pode trazer para os pequenos.

“A contação de histórias, além de ser um indispensável instrumento de mediação do conhecimento entre os seres humanos, também tem relação direta com o desenvolvimento psicológico e social. Ouvindo histórias, as crianças trabalham as suas emoções, podem viver o papel dos personagens e sentir o que eles estão sentindo. Dessa forma, podem elaborar e organizar seus conflitos internos, como medo, angústia, inveja, abandono, etc. As histórias também, facilitam a apropriação dos valores como solidariedade, altruísmo, amizade, respeito, justiça e ética.

Não há idade ou período em que a contação de histórias seja melhor aproveitada pelas crianças, conforme destaca Sandra Lane.

“A contação de histórias é importante para a formação da criança em qualquer idade. Além do fortalecimento emocional, a atividade pode fazer a diferença no que se refere ao desenvolvimento linguístico e à formação da criança enquanto leitora dos seus próprios sentimentos, das pessoas, do meio que a cerca e dos livros”.

O poder do exemplo

O Clube Leitura, serviço de assinatura de livros lançado este ano pela rede de livrarias Leitura, tem como como seu maior pilar, o fato de que o hábito de ler é criado a partir do exemplo. Por isso, o programa apostou na criação do plano familiar, que contempla todas as faixas etárias, com o objetivo de envolver pais, mães, filhos e filhas em torno de um interesse em comum.

“Desde o princípio, quisemos criar um modelo mais abrangente, que trabalhasse a leitura como um hábito saudável e uma atividade para ser compartilhada com toda a família”, explica o gerente do Clube Leitura Igor Mendes.

 

Acreditamos muito no poder da leitura. Desta maneira, queremos fazer com que toda a família se una em torno deste hábito, que traz tanto crescimento pessoal, profissional e social a todos. O Clube Leitura pretende, assim, potencializar todo tipo de vivência que um livro pode proporcionar: conhecer autores novos, expandir as fronteiras, os hábitos literários e até mesmo aproximar pais e filhos, por meio do compartilhamento do prazer de ler”, afirma.

 

Sobre o Clube Leitura

A Leitura, uma das principais redes de livraria brasileiras, com 70 lojas espalhadas em todo o país, lançou, há seis meses, o Clube Leitura – o primeiro clube de assinaturas criado por uma empresa do varejo em território nacional. O projeto, que marca o retorno do grupo ao universo digital, alia a tradição da marca mineira à inovação, ao oferecer opções de livros para todas as faixas etárias, estimulando, assim, o hábito da leitura em toda a família.

O Clube Leitura oferece as seguintes modalidades de assinatura: Clube Leitura Adulto, com obras indicadas pelos consultores Leila Ferreira e Menalton Braff; Clube Leitura Kids & Teens, com indicações de livros infantojuvenis de Ana Maria Machado e Paula Pimenta; Clube Leitura Família, que reúne as indicações dos quatro consultores, a partir de uma única assinatura – modelo pioneiro em todo o Brasil; e o Clube Leitura Turma da Mônica.

Assinaturas

O público pode escolher entre sete possibilidades de combinação, entre um ou mais livros ou diferentes faixas etárias. As assinaturas custam a partir de R$ 34,90 (mais frete) no Clube Leitura Kids & Teens (no caso de um livro mensal) e podem chegar a R$ 99,90 (mais frete), no caso da modalidade Clube Leitura Família, na opção completa, que compreende dois livros adultos e um livro infantil. Um mimo especial é enviado mensalmente, independentemente da modalidade escolhida.

Quem já é assinante, poderá ampliar o plano com a nova categoria Clube Leitura Turma da Mônica por um preço diferenciado: R$ 39,90/mês. Para novos assinantes, a assinatura custará 44,90/mês.

As assinaturas podem ser feitas pelo site www.clubeleitura.com.br e em todas as lojas físicas da rede, em todo o Brasil, sendo que, na Livraria Leitura do Shopping Cidade, em Belo Horizonte, o primeiro kit está disponível para retirada imediata.

Outras informações: www.clubeleitura.com.br

 

Cadastre-se abaixo e receba as novidades do Sem Choro.


Comentários