fbpx
O Sem Choro é um Guia Infantil voltado para os pais. A Criança é o tesouro. Nós somos o mapa.

Aprendizagem na Infância

Desenvolvimento e Educação

O tema desse mês é aprendizagem na infância. Vou falar como os pequenos aprendem e o que é mais importante que eles aprendam nessa fase da vida. Lembrando que os conteúdos aqui do blog são sugestões e é preciso analisar o que você considera importante e a forma como deseja educar o seu filho.

Olá, Papai e Mamãe! Tudo bem?

O desenvolvimento humano não é natural, ou seja, para a criança aprender algo, é necessário que alguém a ensine. Esse ensinamento pode ser pela via da instrução, da observação ou através do brincar (opção mais efetiva, quando se trata de crianças). A criança é uma pessoinha que necessita de amor, atenção, cuidados, de alguém que lhe mostre o caminho, a direção, de alguém que lhe ensine até mesmo o brincar.

Pense em um animalzinho, um filhote de leão, se ele crescer na selva ou na cidade ele continuará sendo leão, vai rugir, caçar, comer carne… O desenvolvimento dele é natural, independente de onde ele cresça, continuará sendo o que a natureza determinou. Um bebezinho não, para ele fazer o que humanos fazem, ele precisa conviver com humanos, alguém precisa ensiná-lo a comer, tomar banho, se vestir, escovar os dentes, brincar… Você deve se lembrar da história do “menino lobo”, o menino que cresceu na floresta, junto com os lobos, e desenvolveu hábitos que os lobos têm. Isso aconteceu porque o ambiente que ele vivia o ensinou a viver dessa maneira.

Vou lhe dar um exemplo de como o brincar é aprendido: você já esteve em uma situação onde seu filho tem vários brinquedos, mas ele gosta de brincar com as suas panelas, ou colheres de pau?! Então, ele faz isso porque vê você cozinhar, e o brincar, para ele, nada mais é do que o aprendizado do cotidiano, e a forma que ele tem para se comunicar.

As crianças começam a aprender através de estímulos, mas cuidado para não exagerar. Nessa fase do desenvolvimento, os melhores estímulos são os lúdicos, eles garantem maior motivação e enriquecem o processo de aprendizagem; além de desenvolver a linguagem, atenção, expressão corporal e a espontaneidade.

Assim, convide as crianças para realizar atividades criativas e desafiadoras como:

  • Jogos de quebra-cabeça e jogo da memória, que estimulam a memorização e o raciocínio;
  • Leitura de livros de diversos assuntos e estilos, este hábito estimula a fala e a escrita;
  • Atividades musicais e dramatizações, que irão estimular a imaginação e criatividade.

 

O aprendizado escolar na infância é o mais importante?

Muitos pais se preocupam com a aprendizagem escolar dos seus pequenos, principalmente a leitura e escrita. Porém, para que este aprendizado aconteça, a criança precisa passar por processos anteriores.

Cientistas da Brown University, em Londres, estudaram 108 crianças, com idades entre um e seis anos. Eles fizeram exames para estudarem a mielina – substância responsável por proteger o circuito neural, que se desenvolve desde o nascimento. Os testes indicaram que a distribuição da mielina é fixada a partir dos quatro anos, o que sugere que o cérebro é mais plástico nos primeiros anos de vida. Assim, eles preveem que qualquer influência ambiental sobre o desenvolvimento do cérebro será mais forte na infância.

Percebem o quanto o aprendizado vai além, e deve ser iniciado antes do período de alfabetização? Deixarei abaixo quatro coisas que os pequenos devem aprender ainda na infância:

  • Formação de um sujeito crítico. É importante a criança perceber as razões para tudo que acontece em sua vida, bem como passar a perceber o quanto suas ações podem interferir nos resultados futuros;
  • Experiência e vivências devem ser peças chave. O que aprender na infância envolve os primeiros passos na formação de futuros cidadãos. A criança em desenvolvimento não precisa só aprender, como também aprender a aprender! Isso significa que, o aprendizado não pode ficar só nos comandos e palavras, ele precisa ser prático;
  • Desenvolvimento social. O desenvolvimento da empatia é o primeiro passo para o sucesso na criação de vínculos. Pois, ao se colocar no lugar do outro, a criança passa a compreender como deve se comportar e qual a real importância da mesma com o outro.
  • Aprendizagem sobre si e sobre o mundo. Nos anos iniciais a criança ainda está aprendendo a aprender, e está, dessa forma, se preparando para o futuro. O sucesso ou o fracasso nesse passo é que dará confiança ou gerará uma insegurança para ela. Aqui, é imprescindível, que vocês pais, proporcionem a descoberta do próprio ritmo, das próprias qualidades e aumentem o desenvolvimento pessoal de cada um, dentro dos seus próprios limites. Assim, a criança desenvolverá uma visão de mundo e o autoconhecimento necessário para a vida adulta.

Vou ficando por aqui, reforçando que, quando falamos em aprendizagem, é importante levar em consideração de qual criança estamos falando, respeitando sempre a fase do desenvolvimento infantil que ela está e o seu ritmo para aprender e apreender. Não devemos forçá-la a fazer o que está fora do seu alcance, o que ela ainda não tem condições de realizar física ou mentalmente, a não ser que ela própria demonstre interesse e capacidade para tal.

 

Espero que tenha gostado do texto.

Até mês que vem com mais um conteúdo por aqui!

Um abraço!

_________

Amanda Ferraz-Portal Sem Choro

Amanda Ferraz, psicóloga infantil, graduada pelas Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros – MG, especialista em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Iseib de Belo Horizonte, Tutora EaD, Membro do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade e Psicóloga da Rede Psicoterapias. Em BH atua na clínica com atendimento para crianças, adolescentes, além de orientar e ministra palestras e cursos para pais.

Contato: amandafoliveira1@gmail.com • +55 (31) 97553-1837

 

 

Cadastre-se abaixo e receba as novidades do Sem Choro.


Comentários