UMEI Castelo | Escola infantil em BH | Portal Sem Choro.

UMEI – Carlos Prates

Seja a(o) primeira(o) a avaliar

A UMEI teve todo o seu projeto pensado na lógica da criança e se destaca na educação infantil.

A Umei Carlos Prates surgiu como uma possível solução para os trabalhadores associados da Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável (Asmare) para favorecer o trabalho dos catadores que, não tendo onde deixar seus filhos, tinham que levá-los para os galpões de triagem de lixo.

O projeto foi viabilizado a partir da doação da antiga sede do Clube Tremendal, feita pela Prefeitura localizado na Avenida Nossa Senhora de Fatima, 2283 – bairro Carlos Prates. O espaço está localizado a poucos metros dos galpões da Asmare.

Em visita a Belo Horizonte, em 1998, a ex-primeira dama da França esteve nos galpões da Asmare e sensibilizou-se com a situação vivida pelos catadores de papel e seus filhos. Por meio da Fundação France-Libertés, presidida por ela, Danielle Mitterrand fez uma doação em dinheiro para a construção da creche. Outra doação, foi feita pela empresa Mendes Junior. Essas doações permitiram a realização do antigo desejo de construir a escola. Em agosto de 2004, a escola foi municipalizada e a prefeitura assumiu os gastos com a sua manutenção. Enfim em agosto a escola foi inaugurada e transformada na UMEI Carlos Prates – Danielle Mitterrand. Atualmente são atendidas aproximadamente 82 crianças, de zero a cinco anos e oito meses de idade. O atendimento é prioritário para os filhos de associados da Asmare, que podem ficar na UMEI até às 21h.